Notícias

27 jun 2019

ROTEIRO LGBT+ DO CARNAVAL 2019 EM BRASÍLIA

OS MELHORES ROLÊS PARA O PÚBLICO LGBT CURTIR O CARNAVAL 2019 NA CAPITAL DO BRASIL

Quem disse que Brasília não tem carnaval? Em 2019, os cinco dias de festa terão gostinho de renovação para a população LGBT da capital federal. Além de opções mais tradicionais, novos blocos e festas desfilarão pela primeira vez na cidade, que tem visto seu carnaval de rua crescer a cada edição. Só no ano passado, mais de 750 mil foliões foram às ruas projetadas por JK para curtir a festa.

Abaixo, confira cinco atrações imperdíveis para o carnaval na capital.

 SEXTA 01/03 

A rainha da drag music, Pabllo Vittar, agita Brasília logo na sexta de carnaval, primeiro dia de folia. O show é a estreia da sua nova turnê, a “Não Para Não Tour”, na capital federal. Além do catálogo de hits da Pabllo, a apresentação traz ainda participações de Mateus Carrilho, com quem divide o hit “Corpo Sensual” , e Urias, que apareceu no último disco, em “Ouro”. A partir das 22h30, na boate Victoria Haus.

Pabllo Vittar abre o carnaval de Brasília com show na boate Victoria Haus (Foto: Divulgação)
Pabllo Vittar abre o carnaval de Brasília com show na boate Victoria Haus (Foto: Divulgação)

 SÁBADO 02/03 

No sábado (2/3), o agito fica por conta do bloco Rebu, dedicado a mulheres lésbicas, bissexuais e trans. Mas tem espaço para todo mundo no bloco mais “sapatônico” de Brasília, que desfila pela primeira vez este ano, no Estacionamento 4 do Parque da Cidade, a partir das 14h. A música fica por conta das DJs Amandix, Dani Ferreira, Loly, Hanna Amim, D-Day, e Telma & Sema.

Sucesso na noite brasiliense, a festa Rebu faz sua estreia no carnaval com bloquinho para todas as mulheres (Foto: Divulgação)
Sucesso na noite brasiliense, a festa Rebu faz sua estreia no carnaval com bloquinho para todas as mulheres (Foto: Divulgação)

 DOMINGO 03/03 

Para quem virar a noite de sábado na balada e ainda tiver energias, o domingo reserva o Vai Virado Viado, bloco que tem tudo para ser o preferido das fritas. Intitulado o primeiro ‘bloco after’ de Brasília, o agito começa às 6h e segue até as 14h, no Conic. No som, muita música eletrônica com os DJs Bruno Antun, Le Caracortada e Wilker Leal.

Domingo também é dia de colocar para fora a drag que vive dentro de você, no Bloco das Montadas. Em seu segundo ano na capital federal, o grupo incentiva a diversidade de todos os tipos e vai reunir as queens carnavalescas a partir das 14h, no Setor Bancário Norte. Lip sync for your life!

Domingo é dia de dobradinha com as fritas do Vai Virado Viado e as drags do Bloco das Montadas (Foto: Divulgação)
Domingo é dia de dobradinha com as fritas do Vai Virado Viado e as drags do Bloco das Montadas (Foto: Divulgação)

 SEGUNDA 04/03 

Se a disposição ainda existir no penúltimo dia de carnaval, a pedida é o bloco Divinas Tetas. Pregando o respeito às diferenças e o fim de preconceitos, a festa não é especificamente LGBT, mas acolhe a comunidade de braços abertos. Sons do Tropicalismo e muita animação são garantia no rolê, que começa às 14h no Setor Bancário Norte.

O tropicalismo carnavalesco do Divinas Tetas é a pedida de segunda-feira (Foto: Breno Galtier | Divulgação)
O tropicalismo carnavalesco do Divinas Tetas é a pedida de segunda-feira (Foto: Breno Galtier | Divulgação)

Pedro Alves

PEDRO ALVES

Jornalista formado pela Universidade de Brasília. Já passou pelo portal Metrópoles e foi trainee do Estadão. Cobriu Cidades, Política e Justiça. Apaixonado por cultura pop, tem uma quedinha especial por escrever sobre música. Hoje é repórter do portal jurídico JOTA.

SE LIGA NELE: FACEBOOK INSTAGRAM