Com o retorno das atividades presenciais, mesmo que lento, as produções audiovisuais começaram a retomar suas filmagens no ano passado e novos lançamentos cinematográficos já foram confirmados para 2022 (pelo menos, por ora). Abaixo, confira os destaques que selecionamos de filmes estrelados por atores LGBTI+ ou amados pela comunidade, que prometem entregar tudo o que queremos nas telonas, incluindo longas de Paul Verhoeven, Aly Muritiba, Jordan Peele, Pablo Larrain e até um reboot do clássico trash Hellraiser.

“ALINE”

Anunciado como uma cinebiografia não-autorizada, Aline aborda a trajetória meteórica de Céline Dion, desde sua infância e o começo da carreira ao polêmico relacionamento com o músico e empresário René Angélil, 26 anos mais velho que a cantora e seu principal mentor artístico, com quem foi casado por 22 anos, até morrer em 2016. Escrito, dirigido e atuado por Valérie Lemercier, o filme chegou a enfurecer a família da diva, mas conquistou fãs no último Festival de Cannes, onde foi exibido fora da competição.

“THE BATMAN”

Chegou a hora de atualizar o Batman para uma nova geração: desta vez, o papel do homem-morcego está por conta de Robert Pattinson, enquanto Zoe Krevitz interpreta Selina Kyle, a lendária Mulher Gato – que neste longa, assim como atriz, se identifica como bissexual. Dirigido por Matt Reeves, o filme também conta com Paul Dano, Colin Farrell e Jeffrey Wright no elenco. The Batman está disponível no catálogo da HBO Max.

“BENEDETTA”

Após rodar nas últimas edições do Festival Mix e Festival do Rio, Benedetta, de Paul Verhoeven, está disponível para locação no Youtube, Apple TV e Google Play. Inspirado na história real da freira lésbica Benedetta Carlini de Vellano (interpretada pela atriz Virginie Efira), o filme escandalizou o público mais conservador pelas cenas de nudez e sua crítica aos dogmas da Igreja Católica.

“BODIES, BODIES, BODIES”

Neste terror-comédia produzido pela A24, que ainda não tem data de estreia confirmada para o Brasil, um grupo de amigos decidem jogar um jogo de assassinato chamado Bodies, bodies, bodies, onde dois participantes são encarregados de interpretarem os assassinos sem que os outros saibam (parecido com o nosso “detetive, vítima e assassino”). Claro, as coisas acabam saindo de controle e as mortes do jogo se tornam reais, ao mesmo tempo em que o elenco formado por Amandla Stenberg, Maria Bakalova, Myha’la Herrold, Chase Sui Wonders, Rachel Sennott, Lee Pace e Pete Davidson tentam manter o politicamente correto em dia. Confira o divertido trailer:

“BROS”

Escrito e estrelado pelo comediante Billy Eichner (Parks and Recreation, American Horror Story), Bros seguirá a história de dois homens avessos a compromisso e que, juntos, tentam entrar num relacionamento amoroso. A comédia romântica também conta com um elenco formado por atores LGBTI+, como Bowen Yang, Ts Madison, Guillermo Diaz e Luke Macfarlane e deve chegar aos cinemas brasileiros em 11 de agosto. Confira o trailer:

“DESERTO PARTICULAR”

Neste filme de Aly Muritiba, Daniel é um policial exemplar que, ao cometer um erro, acaba colocando sua carreira e honra em risco. Ao mesmo tempo, ele decide ir para a Bahia descobrir o que teria acontecido com Sara, sua pretendente virtual que parou de lhe responder. No elenco, Antonio Sabola e Pedro Fasanaro. Deserto Particular foi escolhido para representar o Brasil no Oscar 2022, mas, infelizmente, não foi indicado. Disponível na HBO Max.

“NÃO SE PREOCUPE, QUERIDA”

Segundo longa de Olivia Wilde como diretora, Não Se Preocupe, Querida é um thriller ambientado nos anos 1950 e acompanha a história de Alice (Florence Pugh), uma mulher infeliz vivendo numa comunidade isolada no deserto da Califórnia. Sua vida é abalada após ela descobrir alguns segredos perturbadores sobre seu marido, vivido por Harry Styles. No elenco ainda estão Gemma Chan, Chris Pine e a própria Wilde. Torcemos para que seja tão bom – ou melhor que – Fora de Série! Nos cinemas nacionais a partir do dia 22 de setembro.

“FIRE ISLAND”

E se um dos mais celebrados romances de Jane Austen ganhasse uma roupagem LGBTI+ para o cinema? Esta é a premissa de Fire Island, inspirado no clássico Orgulho e Preconceito que, ao invés de Mr. Darcy e Elizabeth, terá dois amigos no centro da história. Dirigido por Andrew Ahn, o filme conta com as presenças de James Scully, Bowen Yang, Joel Kim Booster e Nick Adams no elenco.

“HELLRAISER”

Reboot do clássico trash de Clive Barker, esta nova versão de Hellraiser trará a atriz Jamie Clayton (Sense 8) numa versão feminina de Pinhead, o icônico vilão que possui a cabeça cheia de pregos. Barker, que servirá como produtor desta releitura, já afirmou que o filme será uma homenagem ao longa original.

Jamie Clayton, de "Sense 8", vai viver o icônico vilão Pinhead no reboot de "Hellraiser" (Foto: Reprodução)
Jamie Clayton, de “Sense 8”, vai viver o icônico vilão Pinhead no reboot de “Hellraiser” (Foto: Reprodução)

“LIGHTYEAR”

Após quatro filmes da franquia Toy Story, chegou a hora de conhecer mais sobre o passado de Buzz Lightyear na pré-sequência Lightyear, dirigida por Angus MacLane. De acordo com Chris Evans, que irá dublar o personagem, a trama não é sobre ele enquanto um brinquedo. “Essa é a história de origem do humano Buzz Lightyear, no qual o boneco é baseado”, explicou o ator. Estamos curiosos para saber o significado disso e até que ponto o universo da história original será expandido!

“CIDADE PERDIDA”

Com um elenco recheado de atores renomados, como Sandra Bullock, Daniel Radcliffe, Channing Tatum e Brad Pitt, Cidade Perdida acompanha uma escritora reclusa que sofre uma tentativa de sequestro ao lado do modelo de seu mais novo livro. A comédia, dirigida pelos irmãos Aaron e Adam Nee, está disponível nos cinemas brasileiros.

“MADALENA”

Em Madalena, o corpo de uma mulher trans é encontrado em uma plantação de soja, enquanto Luziane, Cristiano e Bianca têm suas vidas conectadas pelo espírito dela, lutando para superar a violência num país que assassina sua população LGBTI+. O filme de estreia do diretor Madiano Marcheti já rodou mais de 30 festivais internacionais e conquistou alguns prêmios ao longo do caminho. Disponível no catálogo da Netflix.

“MÃES PARALELAS” 

Novo longa de Pedro Almodóvar, Mães Paralelas conta a história de Janis (Penélope Cruz) e Ana (Milena Smit), mulheres distintas que acabam dividindo o quarto de hospital onde vão dar à luz. As palavras que trocam nesse momento vão criar um vínculo muito profundo entre as duas, mudando suas vidas para sempre. “Mães Paralelas” já está disponível no catálogo da Netflix.

“MÁQUINA DO DESEJO – OS 60 ANOS DO TEATRO OFICINA”

De Joaquim Castro e Lucas Weglinski, este documentário conta a história do Teatro Oficina que, ao longo de 60 anos, influenciou e revolucionou a linguagem teatral no País sob a liderança de Zé Celso. Sua história envolve personalidades como Caetano Veloso, Glauber Rocha, Lina Bo Bardi, Chico Buarque e Zé do Caixão, aproximando arte cênica, ecologia, arquitetura e sexualidade.

Cena de "Máquina do Desejo", documentário de Joaquim Castro e Lucas Weglinski (Foto: Reprodução)
Cena de “Máquina do Desejo”, documentário de Joaquim Castro e Lucas Weglinski (Foto: Reprodução)

“MARTE UM”

Na trama, a vitória de Bolsonaro em 2018 é o ponto de partida da narrativa que tem uma família negra de classe média baixa como personagens centrais. Deivinho (Cícero Lucas) sonha em se tornar astrofísico, mas seu pai, Wellington (Carlos Francisco), deseja que o filho se torne jogador de futebol. Um fato inusitado abala Tércia (Rejane Faria) e faz com que a mãe pense a sua existência e confronte a si mesma com a ideia da morte. Eunice (Camilla Souza), a filha mais velha, é estudante de direito em uma universidade pública e planeja morar com a namorada Joana. O filme de Gabriel Martins foi recebido com aplausos no Festival Pink Apple, da Suíça, ainda aguarda data de lançamento em 2022 no território nacional.

Marte Um, de Gabriel Martins [Foto: Divulgação]
Marte Um, de Gabriel Martins [Foto: Divulgação]
“MEDIDA PROVISÓRIA”

Estreia de Lázaro Ramos como diretor, Medida Provisória é baseado na peça Namíbia, Não! – que também contou com a participação do ator – e traz Taís Araújo, Seu Jorge e o britânico Alfred Enoch no elenco. Na história, ambientada num futuro distópico, o governo brasileiro exige que os cidadãos negros voltem para a África. No momento, o filme segue em cartaz nos cinemas.

“MEDUSA”

Vencedor dos prêmios Redentor de Melhor Longa de Ficção, Melhor Direção de Ficção (Anita Rocha da Silveira e Laís Bodanzky) e Melhor Atriz Coadjuvante (Lara Tremouroux) na última edição do Festival do Rio, Medusa já promete pelo seu enredo assustador, cada vez mais próximo da realidade. Na história, Mariana (Mari Oliveira) e seu grupo de amigas neopentecostais formam uma gangue para controlar outras mulheres a serem como elas. Torcemos para que chegue logo aos cinemas de todo o País e em alguma plataforma de streaming!

“NÃO! NÃO OLHE!”

O retorno de Jordan Peele às telonas após o ótimo Nós (2019) traz Daniel Kaluuya (com quem o diretor já trabalhou em Corra!), Steven Yeun e Keke Palmer numa trama de terror com previsão de estreia para 21 de julho. Na história, moradores de uma cidade solitária no interior da Califórnia testemunham uma descoberta misteriosa e assustadora. Assista ao trailer abaixo:

“OS OLHOS DE TAMMY FAYE”

Em Os Olhos de Tammy Faye, Jessica Chastain (vencedora do Oscar de Melhor Atriz) vive a popular televangelista que ganhou proeminência nos Estados Unidos ao longo das décadas de 1970 e 1980. Mulher do pastor Jim Bakker (interpretado no filme por Andrew Garfield), Tammy, surpreendentemente, acabou se tornando um ícone gay por sua perseverança e simpatia para com aqueles que estavam sofrendo com a AIDS em uma época que os Estados Unidos não tinham qualquer empatia pela doença. Disponível no Star+.

OS PRIMEIROS SOLDADOS”

Em Os Primeiros Soldados, a história se passa no Espírito Santo, em 1983, quando um grupo de jovens se confronta com a primeira onda da epidemia da AIDS. No elenco, Johnny Massaro, Renata Carvalho e Vitor Camilo. O longa de Rodrigo de Oliveira recebeu os prêmios de Júri Jovem e do Público no  International Film Festival Mannheim-Heidelberg da Alemanha e foi exibido na Mostra de Cinema de Tiradentes deste ano.

“PÂNICO 5”

Sidney Prescott, Gale Weathers e Dewey Riley estão de volta na mais nova sequência da franquia Pânico, que está disponível para locação no catálogo da Amazon Prime. Desta vez, marcando 25 anos desde a estreia do primeiro filme, um novo assassino se apropria da máscara de Ghostface e começa a perseguir um grupo de adolescentes para trazer à tona segredos do passado da cidade de Woodsboro. Confira o trailer:

“SPENCER”

Dirigido por Pablo Larrain (que já demonstrou um interesse ímpar por cinebiografias em filmes como No, Neruda e Jackie), Spencer, seu mais recente trabalho, percorre os últimos dias angustiantes do casamento entre a princesa Diana (Kristen Stewart) com o príncipe Charles (Jack Farthing). Destaque absoluto para Stewart, que figurou em diversas listas das melhores atuações de 2021. Disponível para locação no catálogo da Amazon Prime.

“TRÊS TIGRES TRISTES”

Neste filme de Gustavo Vinagre, Pedro, após a morte do namorado, vive do dinheiro que faz com as lives eróticas e dos programas com homens mais velhos. Já Isabella é uma jovem obstinada a passar no vestibular e se prepara para o ENEM, enquanto Jonata vai até São Paulo fazer um teste de HIV. Três Tigres Tristes foi exibido no Festival Pink Apple e é ganhador do Teddy, prêmio entregue às melhores produções LGBTI+ exibidas durante a Berlinale. Aguardamos ansiosamente sua chegada às plataformas de streaming!